tumblr_ldz2qv8cus1qfsskoo1_500

Queria poder te ligar agora.

Ligar e te perguntar alguma coisa fútil, te mandar uma mensagem perguntando se naquela noite você iria beber muito ou iria se maneirar, escrever um poema, um texto, ler alguma coisa pra você e ficar tentando decifrar se está gostando ou não. Queria poder cozinhar pra você, mesmo que errasse na receita e não reparasse.

Queria poder chegar no seu corredor e me perder sem saber qual apartamento é o certo, queria atestar o quanto você é distraída e também confunde um monte de coisas durante o dia. Queria estar aí para andar de mãos dadas com todos os seus conhecidos vendo e se perguntando quem é aquele menino que segura o seu coração. Queria poder acordar e dar de cara contigo do outro lado da cama e com aquele monte de cabelo na cara.

Queria poder viajar contigo, comer uma pizza, ir pra uma festa, tomar uma cerveja gelada, te ver alegre. Chegar em casa e te levar para um banho, ficar de preguiça no sofá da sala, namorar mais um pouco vendo um filme que eu já vi – mas que queria muito que também visse. Fazer das suas pernas o meu cobertor e pronto, frio nunca mais.

Queria poder te carregar no colo mesmo você morrendo de medo de cair (cair? isso nunca vai acontecer). Queria tirar uma foto pra posteridade, fazer amor de verdade, planejar a eternidade e acreditar em destino. E se sua mãe e seus amigos ainda tiverem dúvida sobre a gente, eles verão que isso é bobeira e logo passará. Rápido como você entrou para não sair da minha vida.

Eu só queria perguntar como é que foi seu dia. Nessa distância é a única coisa que posso fazer. Ainda assim, vou além.

Porque, mais do que um alô, posso terminar com aquele “eu te amo”. Ainda cheio de saudade, mas confirmando que, em mim, você é a melhor parte.

(Gustavo Lacombe)

Anúncios