Aceita? – Gustavo Lacombe

Então, diz que me aceita desse jeito estranho que eu me dou. De uma vez, de bandeja, querendo entregar todo o carinho que o coração inventou. Então, diz que abre os braços e me envolve como se fosse o meu cobertor. De noite na cama a gente se ama e de dia renova a nossa verdadeira chama. Então, diz que até que eu não sou perfeito e nunca apareci num sonho de amor. Mas sou bem melhor do que se tivesse sido como imaginou. Aceita eu abrir o meu mundo e te deixar entrar como uma hemorragia. Não vou me conter se você me tomar um pouco mais a cada dia. Então, só pisca, só anda, sorri e vem. Vem que eu não tô aguentando, eu tô te esperando, eu tô te amando, to acelerado pelo seu abraço, maluco carente do beijo, aceita e vem matar o desejo que só se sacia em ti.

Anúncios