Meu riso, teu riso, nossa rima.

Meu riso, teu riso, nossa rima.

Cheguei pra ficar. Cheguei pra ser diferente. Pra ser único. Sei que me torno parecido com vários outros que abordaram o mesmo discurso, mas tenho ressalvas quanto a eles. Eu acredito nisso. E em mim. É preciso mais do que uma idéia na cabeça, mas um coração preenchido e carregado de algo bom. Vim pra mudar, fazer com que pense em agir como nunca agiu, sentir o que sempre quis sentir e nunca teve coragem. Cheguei pra te dar coragem de seguir, encarar. Posso ouvir no nosso riso junto a música que vai embalar essa jornada. Nossa rima, par de bocas abertas superando qualquer coisa que apareça pela frente.

( Gustavo Lacombe )

Publicado por

Gustavo Lacombe

Gustavo Lacombe, trinta e um anos seguindo com uma vontade de escrever sendo lapidada todos os dias com muito suor e ideias. Tem a certeza de que será preciso quebrar muito a cabeça até conseguir chegar a algum lugar. Escreve por esporte, paixão e prazer - foi assim que fez seus quatro livros. Carioca da gema, acredita no amor bonito, ainda que o amor tenha diversas facetas não tão bonitas assim. Romântico, corredor de fim de tarde e feliz proprietário de um bom violão. É no blog, na página (fb.com/GustavoLacombeTextos) e no instagram (@glacombetextos) que, volta e meia, despeja o que lhe inspira, expira e vive. Ou queria ter vivido.

Um comentário sobre “Meu riso, teu riso, nossa rima.”

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s