Já Dizia Minha Mãe

tumblr_lcnbc3IOjY1qf97fzo1_500

Minha mãe sempre diz que vergonha é roubar e não poder levar.

Geralmente ela fala isso quando eu mostro minha timidez (tão requisitada em situações especiais). Ainda pequeno, ela me encorajava a abordar alguém para pedir aquilo que eu queria. Sei lá, o pipoqueiro, por exemplo. Mas eu dizia “tenho vergonha, mãe”. Coisas de criança. Ela botava o dinheiro na minha mão e dizia que eu só comeria se fosse lá pedir o raio da pipoca.

Já no colégio, eu dizia que tinha vergonha de falar em público. Apresentações de turma, teatrinhos ou afins eram um tormento, mas lá vinha ela me dizer aquelas palavras de incentivo. E dava certo. Só que eu nunca achei que fosse incentivo porque, imagina só, você diz que “vergonha é roubar e não poder levar”. Eu nunca roubaria nada de ninguém (tirando situações de extrema necessidade como o futebol com os amigos). Além disso, eu, criança, ficava imaginando, literalmente, um ladrão com um saco cheio de dinheiro na mão, mas sendo impedido de levar o saco no exato momento em que ia embora.

Acho que é outro tipo de vergonha isso, certo?

O que sei, de verdade, é que tudo mudou quando eu conheci minha primeira namorada. Calma, antes que ela se tornasse namorada, muita água rolou por debaixo da ponte. E onde minha mãe entra nessa história? Bom, tirando o fato dela ser a sogra mais fofa que alguém poderia ter, foi ela quem me incentivou a falar e contar sobre o que eu sentia. Eu contava coisas pra ela e lembro que ela só ria. Ria e dizia “Meu filhinho cresceu!”.

Me matava de vergonha.

É verdade que sinto isso (a timidez) apenas quando me convém. Aprendi que posso ser o maior cara de pau do mundo, mas uso a máscara de tímido quando posso. Dependendo do dia que você me conhecer, vai se perguntar se eu sei falar ou enjoar de ouvir minha voz. Depende.

Mantenho esse meu hábito só porque já virou um traço da minha personalidade. Engraçado é que, em alguns momentos, eu conto que tenho um lado reservado e algumas pessoas não acreditam. Sério! E não é que eu fique chateado, apenas entendo que a gente sempre deixa um pouco de si mesmo escondido para que o outro descubra.

Menos para minha mãe. Ela sabe como sou exatamente.
E tem certeza que a minha timidez é outra coisa.

É charme.

(Gustavo Lacombe)

Anúncios

Um comentário sobre “Já Dizia Minha Mãe

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s