995836_343636822406784_1102526974_n

Dê o play e leia – http://www.youtube.com/watch?v=DrWH9C5smyE

Eu não mudaria uma vírgula em você, então nem se preocupa. Quando eu te conheci, com a personalidade tão forte quanto o perfume que nunca mais saiu da minha memória, eu sabia que era preciso se ajeitar, nunca forçar. O encaixe aqui é natural. É a adaptação de quem quer saber tudo sobre alguém e, naturalmente, também se entregar na mesma proporção. Ninguém tem o direito de mudar outra pessoa. Ainda mais em nome do amor.

O amor não muda ninguém. A não ser que seja uma coisa que parta da própria pessoa. Nos meus moldes, talvez você nem fosse tão perfeita quanto eu a vejo. Você tem qualidades que sempre me impressionaram. Ainda precisarão fazer um estudo de caso para descobrir como que na minha cama de solteiro a gente cabe tão bem. Dois corpos ocupando o lugar que mal cabia um. E a gente dorme nos braços um do outro. Coisa melhor?

Tem um monte, mas essa é uma das minhas preferidas.

Amor, não encana. Minha audição é seletiva. Tudo que contam de você pra mim entra por um ouvido e sai pelo outro. O que vale são as nossas conversas. O que me intriga eu pergunto, você responde e nunca fica algo por dizer. Do seu lado você faz o mesmo. Aqui não há espaço para dúvidas. Eu e você somos a resposta para a principal pergunta. Somos felizes? Os sorrisos traduzem. Pega papel e caneta. Lá vem mais um poema pra você.

Relaxa o ciúme, esquece mágoa. Até suas caras feias pra mim eu não quero mudar. Uma bronquinha, às vezes, cai tão bem, né? E seus defeitos casam tão bem com os meus! Não precisa – não precisamos mudar. Vou te cobrar nada, o que me der será suficiente. Olha meus olhos, volta correndo pra cama. Meu coração se enobrece com tua presença. Minha vida já sentiu a diferença de te ter.

Amou teu gosto, joga seu jogo e vai te cobrir sempre de amor.

[ Gustavo Lacombe ]

http://www.facebook.com/GustavoLacombeTextos

Anúncios