tumblr_mdqvcoxU0V1rgatevo1_1280

Segunda, tudo de novo.

O fim de semana foi tão curto que mal deu tempo de curtir, imagina descansar. Meu corpo mesmo parece que me autossabota e, nos dias que posso dormir até mais tarde, me faz acordar cedo. Lembro da minha mãe gritando no meu ouvido quando era pequeno. “Menino, acorda! O dia tá lindo! Sai dessa cama!”.

Não, mãe. Eu quero dormir.

Não adianta sair cedo de casa pra ir pro trabalho/faculdade. O ônibus já estará lotado e sem chance alguma de sentar e cair no sono de novo. Se der sorte, arrumo um canto para recostar. No final, acabo em pé pensando na rotina de escritório, relatório, chefe me enchendo, prova, texto pra ler e outras coisas. Isso porque sábado à tarde eu fiquei fazendo powerpoint pra uma apresentação.

Novamente a espera.

Entro na segunda, mas queria acordar na sexta. Paciência. É preciso viver toda a rotina da semana torcendo para que os desejos de que ela seja ótima se realizem. E, na verdade, é como um truque do calendário, que se renova só pra te dar a sensação de que se pode fazer tudo novo. Uma semana inteirinha de presente para repensar ações, planejar a vida e, principalmente, vivê-la.

Que falem mal do primeiro dia (me recuso a aceitar que o começo é no domingo), mas ele estará lá de pé para te receber e tentar te fazer acreditar que, sim, o “diferente” está rondando você. Ficar reclamando, na melhor das hipóteses, pode mostrar o que te incomoda. Só que ficar de braços cruzados e pernas imóveis não vai te levar a lugar algum.

E se todo dia há uma chance de fazer algo de bom por você, aproveite. Você tem mais sete só nessa semana! Segunda, tudo de novo.

Que bom

(Gustavo Lacombe)

Anúncios