Eu vejo seu sorriso de menina
E me fascina poder te chamar
Mulher, essa carinha esconde o jogo
Diga logo o que você quer

De mim eu tiro o ar pra colocar nos seu pulmões
Se tivesse usaria dois corações
E ter espaço pra caber o meu amor
Que em um só peito a saudade extrapolou

Jeitinho manso, recatado, é tão sincera
Mas me desmonta quando dança e me pega
Parece um anjo, mas pelo perigo que eu corro
Vou te batizar de meu anjo tentador

Quem dera, então, menina cumprisse uma sina
De todo dia te soprassem para mim
Batendo as asas e me abrindo os seus braços
Não quero outro se não esse fim

(Gustavo Lacombe)

#ela

http://www.facebook.com/GustavoLacombeTextos

Anúncios