Vale a Saudade

 

tumblr_ls7j8bNDi41qhq6ibo1_500

Porque, quando dá saudade, não há hora do dia que te diga “não ligue”, “não procure”. Pode ser de madrugada, pode ser de manhãzinha, no meio da tarde onde aquela obrigação não pode ser adiada. É sim, sem freio e sem nada na cabeça. Ou melhor, com alguma pessoa especial demais para deixar que a saudade esfrie.

Como se conseguisse, né?

Mesmo que pareça arrefecer, basta alguma outra coisa aparecer pelo caminho para ela voltar com o dobro da força, triplo do tamanho e sabe-se lá quantas vezes mais intensa. Solução tem, mas não acredito que seja em definitivo. No instante seguinte em que a presença se tornar passado, o espaço volta a ser preenchido pela falta. Ainda assim, vale o risco.

Vale te ter alguns curtos momentos ao meu lado e outros mais longos longe. Vale, mesmo que o tempo seja distorcido pelos meus sentidos e o que ocorra seja exatamente ao contrário. Cinco minutos a mais ao seu lado certamente não são o mesmo que cinco longe de você. Ainda mais quando a solidão me abraça. Obviamente, um abraço que nunca será parecido com o seu.

De qualquer modo – e, por favor, não se incomode com os meus devaneios provocados por estar distante demais do seu carinho -, isso tudo é só pra dizer: apareça.

Porque qualquer risco de sentir saudade de novo sempre é compensado com a chegada do seu sorriso.

[ Gustavo Lacombe ]

http://www.facebook.com/GustavoLacombeTextos
@glacombetextos

Anúncios

2 comentários sobre “Vale a Saudade

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s