Não sei. Só sei que te amo.

tumblr_lk8h75LSEL1qdj3jvo1_500
Não sei porque te amo. Assim, de forma tão objetiva, não sei. E te garanto que essa é a melhor resposta que eu vou poder te dar. Mas, se você quiser saber mesmo, até tento explicar.
 –
Sabe essa pessoa que sou hoje? Que algumas elogiam e outras falam que está no caminho certo? Sabe essa personalidade diferente de um tempo atrás, esse olhar tentando ser mais maduro e grato? Sabe esse cara que já não age tanto mais por impulso e passou a pensar mais no outro? Sabe essas descobertas sobre o que realmente é o amor?
 –
Eu sei que você sabe que tudo isso aconteceu comigo desde que você chegou.
 –
Eu pude, enfim, entender e aprender sobre dar e receber carinho de alguém. Eu, então, amei completo – da ânsia do encontro à paciência do tempo. Consegui trabalhar defeitos e enxergar meus medos de forma diferente. Compreendi, de certo, que um relacionamento é feito na primeira pessoa do plural, respeitando as opiniões vindas das vozes singulares.
 –
E me permito falar tão francamente de todas as mudanças que aconteceram comigo e aqui no meu canto porque é apenas tentando enumerar tudo isso que vou chegar perto da tradução de todo esse bem que me fez. Um bem de leve e sorriso amor. Um bem que, às vezes, não sei porque fez tanto bem assim em mim. Aí, volto à resposta direta (ou evasiva).
 
Por que te amo?
Não sei. Só sei que te amo.

 

[ Gustavo Lacombe ]
#ela

Anúncios

2 comentários sobre “Não sei. Só sei que te amo.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s