969483_484624881610944_1915604610_n
Já tive muitas, não nego. Já fui desejado, já fui conquistado. Já corri atrás, conquistei. Já vivi outros amores, outras loucuras. Já provei o gosto doce das paixões correspondidas e o amargo das desilusões. Já fui só da cama, só de amarrotar lençol. Já fui das flores. Já encontrei com outras que julguei serem caras-metade, com “destinos ambulantes”, únicas saídas e outros enganos.
 .
Já ouvi mentiras, já não acreditei em verdades. Já vi estações ao lado de uma mesma pessoa e uma única estação em abraços variados. Já conheci aquelas de arremessar vasos na parede e outras de submissão. Já fui até o inferno com uma. E, ainda assim, mesmo já tendo vivido tanto do Amor e da Paixão, nunca conheci alguém como você. Muitas em uma: a que me deseja e me conquistou.A que me fez correr atrás.
 .
Entender.
 .
Compreender mais do sentimento que cresce a cada correspondência num toque ou olhar. Quem coloca na boca o bom sabor dos beijos e deixa na alma a irrepreensível noção da verdade – nunca um simples afago na cabeça. Você, a dos lírios, das rosas, das orquídeas. Da figura fácil nos meus dias, tardes e noites. Do Verão, Outono, Inverno e Primavera de mais encanto a cada passeio de mãos dadas. Das brigas e conciliações.
 .
Você, por quem eu iria até o inferno.
Você que me deu o céu.

[ Gustavo Lacombe ]
 .
Anúncios