Todo Amor aos Exagerados

Sou uma exagerada por natureza. Gosto da intensidade dos momentos e acabo colocando tudo isso nas minhas palavras. Meu namorado às vezes se assusta, mas entendeu que é coisa minha.

Faço drama, faço cena e só não me jogo no chão porque na escola de teatro que freqüento a gente aprendeu que algumas coisas podem soar desesperadas demais e beirar o cômico.

Quero convencer, não ser palhaça.

O que mais pega nisso tudo são as coisas que digo sobre o Bem que ele me causa. Só que não é mentira.

Quando eu viro e falo que ele é o melhor cara que já passou na minha Vida, não quer dizer que ele seja perfeito, mas que a gente se deu bem o suficiente para construir algo. Quando falo “se Saudade matasse, eu morreria todo dia de saudade de você”, nada mais é que meu corpo e meu coração desejando estar sempre perto.

Minha mania é ser exagerada e meu vício são aqueles dois braços passando por mim e acabando em mãos nas minhas costas. Juntando tudo isso, dá uma reação que beira clichês e frases de efeito que me fazem uma boba perto dele. Exageradamente apaixonada e feliz.

Sem dúvida alguma, sei o quanto sou a mulher mais sortuda do Mundo.

[ Gustavo Lacombe ]

Anúncios

Um comentário sobre “Todo Amor aos Exagerados

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s