Um amigo me liga afobado e mal consegue se fazer entender. Tropeça nas palavras, soluça algumas reclamações e só pesco que ele se machucou de novo por Amor quando ele toma cinco segundos de ar e diz “ela não quer mais nada comigo”. E chora. E é difícil ouvi-lo chorar. É horrível ver as pessoas que a gente gosta sofrendo, seja lá pelo o que for.

Então, mais calmo, ele me conta que tentou de tudo. Que ligou, mandou mensagem, flores, bombons, e vai enumerando mimos, presentes e outras coisas que julgava serem suficientes para fazer a dita cuja entender que ele a queria. E ficava se repetindo que “eu tentei de tudo, tudo. Tudo mesmo”. Eu só conseguia dizer calma e pedir pra ele não se desesperar.

Só que teve uma hora que ele ficou puto. Começou a falar da menina, que ela era isso e aquilo e eu o cortei. Primeiro, eu comecei, você tem que saber que nem todo mundo tem que ceder aos seus caprichos de querer ficar. Ela quis partir, tocar a vida dela. Não é problema seu isso, é dela. Infelizmente, teve que recusar ficar contigo, mas se ela não quer, não tem nada que você possa fazer.

Aceita. Isso é respeito.

Segundo, nada do que acontecer daqui pra frente vai apagar o que vocês tiveram de bom lá atrás. Basta lembrar de todas as vezes que vocês foram tomar café juntos e ficavam conversando horas sobre o que é bom de fazer antes ou depois de uma xícara. Eu sei disso tudo porque você me contou. Sei que vocês riam, se davam bem e se gostavam porque, inclusive, eu vi vocês dois juntos.

Mas nem tudo segue pelo caminho mais fácil. Vocês poderiam estar juntos até agora? Sim! Alguma das coisas que você fez poderia ter dado certo? Sim!! Não deu. Você tentou demonstrar com presentes, não com atitudes. Já pensou nisso? O que você de fato fez para mostrar a ela que merecia estar de novo ao lado dela? Não estou te julgando ou dizendo o que você deveria ter feito.

Quero apenas que você entenda que a gente não compra as pessoas com presentes, mas as ganha em gestos. Já pensou quantas vezes ela quis ganhar flores enquanto vocês estavam juntos, mas só ganhou como pedido de desculpas? Quantas vezes ela não deu uma deixa, um recado subentendido e você, simplesmente, ignorou?

Ele quase desliga o telefone nessa hora.

Nem tudo está nas nossas mãos e nem todas as respostas serão as certas, mas a realidade é que a gente não pode querer amarrar ninguém. As pessoas ficam porque querem. Desejam o carinho, o abraço e a companhia. Desejam estar ali. Quando não se sentem mais tão bem assim, partem. Todo mundo tem seus motivos de seguir, e ela tem os dela.

Deixa ela ir embora. Vai doer? Claro que vai! Já está. Eu te ouvi chorando e se lamento. Juro que queria te ajudar de uma forma mais eficaz, mas não posso. Você sabe que tem um amigo aqui para o que precisar, não sabe? Então, conta comigo. Deixa ela ir e vai ser feliz com quem ficou aqui do teu lado.

[ Gustavo Lacombe ]

Anúncios