Amor Igual Não Há

Eu só queria te dizer, meu bem, que você é uma das coisas mais importantes que já aconteceram na minha vida. E que se não fossem todos esses sorrisos, certamente eu não teria a exata noção do que é felicidade. Pensaria ser feliz, mas não o seria plenamente. Só queria dizer — e não repare, você sabe que sou meio prolixo às vezes — que eu só descobri o verdadeiro gosto de amar e ser amado depois que passei a amar e ser amado por você.

Na verdade, eu tenho inúmeras coisas para te dizer. E fico tentando resumir em poucas palavras, mas você sempre me lembra que falar em alguns momentos é desnecessário. Agir é mil vezes melhor, mas ainda assim seria uma tentativa de tradução de todo bem que me causa. Fico numa sinuca. Te mando um beijo numa mensagem, te mandaria outro num outdoor da avenida ou colocaria alguns dizeres naquelas faixas que os aviões levam fazendo propaganda pela praia:

Amor igual não há.

No fundo, eu só queria dizer que te amo. Ok, sempre torci o nariz para frases que começavam com “no fundo”, mas, se for pra deixar sucinto, deixa assim. É que você sabe melhor que ninguém o tanto de coisas acontecidas entre nós e, se enumerássemos aqui, ficaria difícil chegar no “por fim”. Passaria tempo demais explicando o bem que fez ao meu Mundo. E meu rosto estamparia num sorriso a confirmação.

Então, acho que só queria te dizer que é muito fácil falar da gente e muito difícil ao mesmo tempo. Fácil porque só de pensar em tudo que passou, no que acontece hoje e no que a gente ainda pode viver, nada me tira a certeza de que é você. Pessoa da minha vida. E difícil porque tudo me chega como uma onda de sentimentos e mal consigo me expressar. Volto ao que você disse: falar pra quê?

Deixo que um beijo te diga o quanto ainda te quero. Deixo que um abraço apertado te mostre que te quero bem perto. Deixo que o tempo faça a sua mágica de nos fazer viver e depois nos deixar pensando “como passou rápido”. Deixo que aquela coisa que eu queria te dizer para resumir o que sinto se torne um carinho, aquele seu preferido. Aquele que só quer te dizer, no fundo, que te ama muito.

[ Gustavo Lacombe ]

Esse é mais um dos textos inéditos que estará no meu próximo livro “O Amor é Para os Raros”, e que pode ser reservado aqui:

http://www.bit.ly/oAmorÉParaOsRaros

Anúncios

Um comentário sobre “Amor Igual Não Há

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s