Tanta coisa boa pra cultivar no peito e você vai logo criar uma Tristeza? Vai deixar que um dia tão lindo fique nublado dentro de você só por conta dessa negatividade? Você vira um pára-raio de coisas ruins, entende? Acho que eu não preciso repetir que pensamentos ruins atraem apenas o mesmo. E pra quê? Só para promover a autopiedade e ficar mostrando para os outros “olha como eu sou infeliz, olha como eu merecia ser feliz e não sou”. É isso? É só pra isso? Parece que você leva toda essa frustração e desânimo numa coleira só para exibir. Só pra provar para si mesmo que a Sorte que os outros dão nunca se encostou em você. É normal fecharmos os olhos para o que acontece de bom quando apenas queremos enxergar o que machuca. A Vida tem esses dois lados, sim. Todos nós temos direito a dias horríveis, daqueles que era preferível não ter nem saído da cama, mas porque cegar pra beleza do Mundo? Não espere que todos venham aqui para tentar tirar da sua cabeça essas besteiras. Pelo contrário, o povo corre disso – principalmente quando se percebe que você mesmo cavou o buraco e não quer sair. A Vida não é só feita de maravilhas, mas se você quiser ficar aí sofrendo por esporte e acariciando uma Tristeza de estimação: boa sorte. Se quiser ajuda pra ver tudo isso numa nova perspectiva: põe um sorriso no rosto e vambora.

[ Gustavo Lacombe ]

“O Amor é Para os Raros”, meu segundo livro, já está à venda e pode ser encontrado aqui:
http://bit.ly/AmorParaRaros

Anúncios