Se Você der Mole, Vira o Brinquedo

Ele virou pra mim e disse “vem aqui pra casa, tô sozinho”. Eu queria ir. E eu acabei indo. Mas isso de dizer “vem” não entrava muito bem na minha cabeça. Me chamasse pra uma cervejinha antes. Um boteco. Fico parecendo uma puta. E foi por isso que eu disse “você não quer fazer nada antes?”. Ele riu. A gente conversou mais um pouco e no final eu falei o que tava pensando. Mandei um “olha, eu quero te dar. Eu vou te dar. E se for gostoso eu posso voltar, mas não custa nada a gente ir num boteco antes, conversar, tomar um chope, se olhar nos olhos e ver que não é só uma foda casual que você chamou pra sua casa”. Ele só sorriu e, com a maior cara de pau do Mundo, respondeu que já estava ansioso pela volta. O filha da mãe tinha certeza de que seria bom. Que faria direito. Que mesmo depois de ser tão direto, eu iria querer de novo. Bom, posso adiantar que eu voltei. Posso adiantar que eu quis de novo. Posso adiantar que ainda quero quando der pra gente trepar e suar junto de novo. E o mais incrível é que a gente não passou da sala no primeiro encontro. O chope? Rolou, mas ele entendeu o meu ponto de vista. É como uma frase que li um dia: eu não quero possuir, quero ser possuída. Acho que quando duas pessoas sabem bem o que estão fazendo, seus motivos e estando com as regras bem claras, ninguém sai machucado. Ele não queria saber se eu já tinha dado de primeira para outros e eu não queria saber quantas meninas ele já tinha levado pra casa. A nossa preocupação era ser legal. Foi. No fundo, quem pode julgar? As que falam pra fazer doce? Os caras que não se preocupam em perguntar se tá bom ou fazerem a mulher gozar? Certas vezes é bom mesmo aprender a ligar o “foda-se”, se deixar levar pelo que o corpo pede e não se preocupar com o resto. Até porque, isso não é algo que você chegue em casa e coloque no Facebook “transei gostoso hoje!” esperando curtidas. Eu curti. Curti tanto a gente se pegando gostoso que voltei, dei mais ainda e sei que ele não deve ter me esquecido. Sou dessas, ou tento ser. Você pode querer brincar comigo, mas se der mole quem vira brinquedo é você.

#aaaaaahlacombe
#pqpLacombe

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s