Acreditar em Sonhos

Eu preciso que você acredite em mim.

Eu sou seu próximo sonho. Não tô falando da vontade de comer sorvete ou do desejo de sair por aí sem rumo com a necessidade de voltar pra casa. Eu sou aquele que te faz levantar, que te dá um motivo pra continuar e que continua martelando na sua cabeça todos os dias a seguinte pergunta: como será um possível realizá-lo?

Você pode estar se perguntando o porquê de estar aqui cara a cara comigo e sendo obrigado a aceitar que aquela Coca gelada num dia de muito calor não é passível de virar um “não seria um sonho!?” que a gente sempre diz quando quer desesperadamente algo imediato. Confuso? O que quero te dizer é que eu sou aquilo que te faz querer viver. Aquilo que te dá um Norte, uma direção e propósito.

Entende como é raso me comparar com um refrigerante que se acaba em cinco minutos?

O recado que quero te dar hoje é: continua acreditando em mim. Por favor. E não digo isso porque sou bonzinho com você, mas porque eu não quero morrer. Eu preciso que você creia, que você continue me alimentando, que você continue buscando (do seu jeito, tudo bem) uma maneira de fazer dar certo. Ou eu nunca mais vou poder ter a chance de acontecer.

E digo isso porque não importa que outra pessoa sonhe parecido. Não importa que alguém pense ou queira algo similar. Eu, você e nosso futuro juntos só pode ser escrito, vivido e presenciado caso nós dois estejamos lá. Não adianta querer ser uma coisa e essa coisa ser de outra pessoa. Ela se transforma e vira algo completamente diferente. Você é o único representante na face da Terra de mim. E eu, como parte interessada, sei que não tenho muito que falar além de “siga me buscando”.

Não pense que eu não entendo as frustrações.

Se fosse por nós, isso tudo aqui já teria acontecido FAZ TEMPO. E falo isso sem medo de errar, mas as coisas não acontecem no momento exato em que pensamos “poxa, seria incrível me tornar agora quem eu quero ser daqui a 10 anos”. É preciso um acordo com o Tempo. E, olha, eu falei com ele esses dias e ele se mostrou completamente de acordo – contanto que façamos a nossa parte. Eu te motivo, você não desiste. Ok?

Eu preciso que você acredite. Até porque aqui cabe aquela frase de uma música famosa que eu nunca entendi, mas agora percebo que se trata disso: se não eu, quem vai fazer você feliz? Siga. Continue. Vamos juntos. Até o final.

( Gustavo Lacombe)

Meu novo livro #TextosProibidos do está em pré-venda aqui no site! Acesse e garanta o seu:
http://www.gustavolacombe.com.br/prevendatextosproibidos

1 comentário

  1. Gratidão, Lacombe.
    Tem sido difícil acreditar que os Sonhos vão se realizar, que vão acontecer…
    A vontade de desistir tem sido cada vez maior…
    Mas as vezes é de uma mensagem, uma ligação ou um e-mail desses que precisamos pra voltar a acreditar. Pelo menos por um tempinho a mais.

    ________________________________

    Curtir

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s