Olhar no vazio

Ela se constrangeu.

Virou a cara, não sabia para onde olhar. Deveria existir um outro motivo, mas não aquele. Por que, Deus? Só pra sacanear? Só pra começar o dia com o pé esquerdo? Era castigo demais. Não podia ser verdade aquilo. Demorou uns segundos a mais ate conseguir encarar, mal acreditando que aquilo, logo aquilo, tinha acontecido com ela.

Quando finalmente conseguiu levantar, sentiu o peso no corpo e na consciência. Caminhou até o banheiro com um passo trôpego. Talvez fosse o resquício da noite anterior. Ainda tentava entender, e poderia adivinhar que isso duraria pelo menos uns três próximos dias, o porquê de ter cedido. Hoje ela seria culpa. Nada mais. Se vestiria de preto, num luto simbólico. Só porque cedeu.

Abriu o chuveiro, demorou mais que o habitual, ensaboou-se sem pressa, deixou que a água quente percorresse o seu corpo molhando cada parte. Parecia ainda estar em ebulição, mas sabia que era apenas reflexo do esforço final passado. Shampoo e condicionador para tirar os vestígios e dar vida a uma pessoa que tinha morrido e não sabia, que tinha se deixado abater e detestava o predador.

Saiu do box, se enrolou na toalha e o mundo pareceu desabar. Alguma coisa a abraçava além daquele tecido felpudo. O que era culpa se transformou em algo pior. Ela não sabia como sair dali e ao ver um sorriso refletido no espelho, soube que tinha ido longe demais ao se deixar levar pelas palavras dele.

Ex-namorados, por que existem?

(G. Lacombe)

Semana para colocar as coisas no lugar

Parece que a gente já acorda diferente, né?

Essa semana teremos um feriado. UHUL! Quinta já vai ser sexta, sexta será sábado, sábado jogará no seu lugar e domingo, bom… domingo sempre vem antes de segunda. Mas vai ser uma semana boa. Curta e boa. Hora da gente colocar algumas coisas no lugar e aproveitar o tempo livre pra fazer o que mais gostamos. E você gosta de fazer o que? Pra mim é redundância dizer “escrever”. Isso tá na cara. Só que tem mais.

Eu toco violão, canto, gosto de sair com os amigos, tomar uma gelada, ir à praia. A verdade é que eu gosto de aproveitar enquanto posso. Tem muita gente que depois, quando a rotina aperta e sufoca, fica se perguntando onde estão aquelas horas livres e os amigos que podiam fazer companhia? Muitas coisas a gente precisa deixar para amanhã e outras ficaram no ontem, sem que possamos fazer nada, e o hoje é muito curto. Precisamos saber o que fazer com cada segundo que a vida tem o dom de nos dar.

Então, galera, aproveita a semana com feriado pra reprogramar algumas coisas, ajeitar outras, repensar as prioridades. Sei que fazemos isso várias vezes no dia, no mês, sei lá, mas vamos colocar em prática. Setembro já chegou e o ano já está começando a pedir pra ir embora. Ainda tem muito tempo? Sim. Mas vai passar tão rápido quanto os segundos que voaram enquanto você lia este post!

Boa Semana a todos!

Sábado de Sol!

Rio de Janeiro, 1 de setembro. Sol.

 

Vocês não tem ideia do Sol que está nessa cidade hoje. Hoje, dia em que estamos comemorando o aniversário de 89 anos da minha avó aqui em casa, não sei se postarei muitas coisas na página. Aqui, no blog, vou deixar meu desejo de que o fim de semana de todos vocês seja tão alegre quanto eu acho que o meu será. Tão cheio de gente feliz, bonita e divertida. Até porque, a gente precisa é de pessoas assim nos cercando.

E vamos tratar de viver!

Bom Fim de Semana, galera!

 

G. Lacombe

Completude

Completude.

 

Palavra bonita, não?

Pensei nela por acidente hoje escrevendo um texto e parei pra me perguntar quantas vezes já me senti assim, ou pelo o que já me senti assim. É realmente muito complicado você dizer: me sinto completo. A gente tem essa tendência de achar que nos falta algo, que não estamos satisfeitos com o que temos. Será que isso tudo vem da sensação que o marketing nos passa de quanto mais nós tivermos melhor? Será que um simples sorriso não nos ajuda nessa busca pela felicidade. Sim, porque se sentir completo é conseguir atingir um status de felicidade que beira a utopia. Tomara que possa ser menos que isso. Que essa sensação gostosa de estar no caminho certo e completo seja algo extraordinário, mas que não demore tanto para chegar.

E você, já se sentiu completo hoje?

 

“As coisas boas vem com o tempo. As melhores de repente.”

– Algumas das frases mais curtidas –

Não se trata de quantas chances a vida te dá
Que serão várias
Se trata de quantas você não desperdiçará

(G. Lacombe)

Metáforas não me seduzem. Se um dia quiser dizer algo, dá na lata. Sinceridade sempre conta pontos.

(G. Lacombe)

É preciso experimentar o errado algumas vezes pra poder valorizar quando estivermos certos.

(G. Lacombe)

A equação é complicada. Coloca-se carinho, atenção, paciência e confiança. Pesam as atitudes, as palavras e os gestos. Pode ser que entrem variáveis como distância e tempo. Complicado? Receber o amor é simples. Amar de volta é que é difícil.

(G. Lacombe)

É sorte do meu sorriso ter você como motivo.

(G. Lacombe)

Não escolho paixão, não escolho vontade, não escolho saudade, não escolho decepções. Mas escolho quando não quero mais. Fui.

(G. Lacombe)

Não será todo dia que eu vou te fazer feliz, e não prometo que nunca te farei chorar. Só espero que ria comigo quando eu estiver alegre, e encontre em mim um ombro quando estiver triste. Serei teu príncipe, teu companheiro, teu amante, teu amigo. Errando em alguns momentos, sim, mas sempre com a clara intenção de acertar.

(G. Lacombe)

Pra sempre? Se for bom já é um começo, se me fizer feliz é meio caminho andado e se durar o tempo necessário para marcar já vai ter valido a pena. Pra sempre.

(G. Lacombe)

Amanhã eu prometo estar melhor. Prefiro ficar quieto, no meu canto. Pode deixar, o teu lugar tá guardado, mas só por hoje eu preciso ficar comigo mesmo.

(G. Lacombe)

Nunca quis nada fácil na vida. Mas se algo me vier por um acaso, destino ou sorte, eu não vou me incomodar.

(G. Lacombe)

 

E aí, curtiu?

Destino

10872541_10152883225550519_438771552_n
Meu Destino taí, cruzado com o teu.

Destino

Nós vamos ter dois filhos, não os três que você queria. Vamos casar antes dos 30 e ficar juntos até bem velhinhos. Vamos ter uma casa de campo para você ter o seu jardim e uma na cidade para eu não largar essa agitação. Teremos de tudo um pouco, faltará alguma coisa às vezes, mas teremos a felicidade da nossa casa. Seremos um casal normal. Perfeição nunca foi nosso forte.

Nós vamos viajar por onde sempre sonhamos, mas o mais importante é que vamos sempre nos sentir em casa nos braços um do outro. Vamos visitar seus pais e sua família e nos acostumar com as implicâncias, mas eles vão aprender, pouco a pouco, que entre nós há o amor mais forte que existe. Você será sempre linda. Vou adorar te olhar dormindo, mas melhor ainda será ter o seu sorriso ao acordar e me ver.

Não seremos escravos de nada, mas livres nesse amor. Poderemos ir e voltar quando quisermos, mas saber que pertencemos um ao outro sempre nos fará voltar para casa com uma saudade enorme. Vamos brigar, sentir ciúmes e discutir por bobagens, mas depois vamos fazer as pazes com um amor mais que gostoso. Vamos ver filmes até de madrugada, você vai chorar, eu vou rir. Você vai ter que aguentar meu futebol, mas até que vai gostar de assistir comigo. Torcemos pelo mesmo time. Sua mãe vai implicar um pouco comigo, mas quando notar que eu só quero te fazer feliz, sossegará.

 

Eu vou poder olhar toda hora aquela moldura com nosso retrato, outra com nossos filhos, ou até uma sua, sozinha, com aquele barrigão esperando um dos meninos, e sorrir. Ou chorar. Ou agradecer. Ou todas as opções ao mesmo tempo. Tudo isso porque você é a luz da minha casa e da minha vida. Minha estrada.

E eu sonhei isso. Só não planejei mais porque faltou falar contigo. Não precisa dar uma resposta logo, mas também sei que, nos seus sonhos, você já viu algo parecido. Olha, escrever demora muito, mas para mim bastou piscar e já vi tudo acontecer.

Meu destino taí, cruzado com o seu.

Vem?

 

(Gustavo Lacombe)


http://www.facebook.com/GustavoLacombeTextos

Para comprar meus livros, acesse:
http://www.gustavolacombe.com.br/livros

Gustavo Lacombe – Textos, Ideias e Poesias

Hey, galera!

Extrapolamos os limites do Facebook.

Agora crio este blog para poder dividir de uma forma mais ampla meus escritos, meu dia-a-dia e ter outro meio de interagir com vocês. Talvez o conteúdo seja o mesmo, talvez não. Ainda não me decidi muito bem o que vou postar por aqui, mas podem ter certeza de que a maioria dos textos marcará presença nesta página. Espero que nos seja útil que mais pessoas descubram o que escrevo. Coloco muito de mim e espero sempre ter um feedback daqueles que fazem as minhas ideias ganharem vida.

Vamos com tudo!

G. Lacombe