Te Desejo

tumblr_lu3fxpezwF1r0m4ojo1_500

Te desejo uma noite de insônia cheia de lembranças minhas. Que minha mão, de repente, pareça deslizar no teu travesseiro e agarre teu cabelo, ao ponto que a minha falta seja sentida de um modo tão presente, que você se pergunte por que eu não estou ali.

Te desejo um dia repleto de detalhes de nós dois. Que a saudade não te mate, mas te torture lentamente com as cenas que poderiam ser tão nossas, mas agora pertencem à lembrança. O sorriso depois do beijo, o gesto provocante ao passar pelo outro, a voz que te chama de longe.

Te desejo uma estada completa de felicidade plenamente em metade. Que nos seus afazeres, diários ou extraordinários, você se sinta realizada, mas que se pegue ruminando a possibilidade de me ter ali também e imaginar como seria se estivéssemos juntos.

Te desejo um sentimento indefinível. Daqueles que se parece com fome, mas não se sacia. Se assemelha ao desejo, mas há mais que simples instiga. Que se associa à saudade, mas não é tão simples assim. Algo que só se sabe o que é quando se toca: falta ele aqui.

[ Gustavo Lacombe ]

@glacombetextos

Não alimente um medo.

As maiores mudanças começam em nós. Quando olhamos para nossa vida e não enxergamos aquilo que desejamos, buscamos ou queremos, é porque, em algum momento, perdemos o foco e a vontade de seguir um caminho. É porque, de certo modo, deixou-se de lado um sonho e contentou-se com o que tinha. Problemas de baixa auto-estima, mau humor, tendência a achar que nada dá certo, teoria da conspiração… Tudo isso vem carregado de uma força negativa que, muitas das vezes, nós deixamos cozinhando dentro da gente. Fica num banho-maria não-produtivo de um peso que não deixa nada fluir para melhor. Não se tira de um buraco quem se acostumou e se aconchegou ao escuro e cava mais querendo não sair dali. A escada que galgamos na vida para sair de situações ruins e para atingir nossos objetivos tem como degraus as desesperanças, as falsas certezas e os nossos medos. Da próxima vez, ao ter a oportunidade de fazer algo por você, não alimente um medo.

Nutra um sonho.

(Gustavo Lacombe)