Imagem

Eu que Já te Amo Tanto

Parece que eu ainda tenho um tanto pra te dizer, um tanto pra ver ao teu lado, pra viver contigo. Parece que todo tempo junto foi pouco e o que vem pela frente me traz uma ansiedade que há muito tempo eu não sentia. Talvez seja do tanto que te quero e como diz um poeta que gosto (ou acho que ele diga algo assim), já te amo tanto e ainda nem te amo tudo. É por aí. O mais incrível do Amor, e que a gente vai descobrindo conforme o vive, é que se transforma, se expande, se refaz, se renova. E não importa o quanto eu já tenha sofrido, amado, caído, levantado; parece que sou novo de novo. O sentimento tem esse poder mesmo e é uma dádiva poder encontrar alguém que te faça sentir-se assim. Há quem rode o mundo e nunca mais encontre. Há quem desista. Há quem viva sem dar valor. E eu tenho a sorte de ter você. “Obrigado” parece pouco, até engraçado, mas diz do tempo que estamos juntos – suficiente pra te marcar na minha história, curto pra dizer que é o suficiente. Por fim, gosto de ir tateando o futuro e ir descobrindo que nos meus dias tem sempre um tiquinho a mais de você, de nós, e que a saudade será sempre o reforço da certeza do quanto nos queremos. Saudade essa que sinto dos momentos já passados, “sorridos”, amados, juntos. Saudade do que ainda vem, do que vai ser e do muito que queremos construir. Espero que numa vida dê tempo.
 
[Gustavo Lacombe]
.
.
.
 
Menção ao amigo @lucaoescritor
Imagem

Amor do Futuro

tumblr_lgqsyp5TwB1qg9o0ko1_400
Ela não sabe, mas eu sou o cara que vai acabar com as dúvidas dela. Sou o cara que vai fazê-la rever as inseguranças, encarar os medos e descobrir o melhor que se esconde por detrás dos defeitos que ela tanto diz que tem. Sou eu. Vou cruzar o caminho dela mais cedo ou mais tarde, fazendo ela rir à tôa.

Sou o cara que a fará querer adivinhar qual a diferença entre destino e acaso.

Terão dias que ela vai se perguntar os porquês, motivos e afins de ter me deixado ir tão longe. Vai querer fechar o coração de novo, vai ouvir a razão e brigar com si mesma, dizendo que é trouxa. Vai se deparar com mal-entendidos e outras confusões. Nunca iremos beirar aqueles casais de cinema, mas, ainda assim, ela vai ter certeza que sou eu.

Ela não sabe, mas a minha voz vai chamá-la e mexer com ela como nunca antes. Aliás, a maioria dos efeitos será recíproco. Tenho certeza que os carinhos dela em mim acenderão e farão de mim o que quiser. Ela não sabe, mas será o melhor bem que alguém terá me feito. Mesmo que ela diga “mas eu não fiz nada”.

Fará muito ainda.

Ela mal sabe de mim. Imagina que posso vir a ser algo, mas sou distante. Mal posso esperar para estar perto e dentro do coração dela. Vamos por partes. Ela ainda não sabe, mas a relação vai se construir aos poucos e será como poucas também. Hesitaremos como qualquer casal, seguiremos como os que dão certo. Daremos.

Ela não sabe da gente e, sinceramente, eu também não sei. Ainda seremos, mas não nos cruzamos. Um futuro que vem à galope, meio vacilante às vezes, mas vem. Que estejamos atentos para que, quando ela puder saber de mim, eu saiba reparar e saber também dela.

[ Gustavo Lacombe ]
@glacombetextos

Todo Mundo Tem Passado

1344630245157-tumblr_m17tosiwEb1qgla6ro1_500

Não se ofenda com o meu passado. Eu já vivi muito antes de chegar até aqui. E mesmo com tudo isso sentido, quero mais. Não te chego sem histórias, mas me faço papel em branco para que possamos, a partir de agora, começar a escrever a nossa. Pense, meu bem, que tudo isso de antes foram experiências que me prepararam até chegar a você.

Sou alguém calejado e que experimentou os tantos lados que possui o sentimento. Sou um cara que viveu o amor desesperado, a paixão não reconhecida, a recíproca, a desilusão e o afago na alma de entrar num tão querido coração. E repito: tenho certeza do tanto que ainda não vi.

Pelos teus olhos, sei que enxergarei o Mundo de maneira diferente.

Sei que, juntos, podemos ser bem mais que duas pessoas se encontrando depois de um certo querer despertado. Mas não criemos expectativas. O que digo agora é apenas um pedido para deixar no passado o que a ele pertence e mirarmos o futuro que, esse sim, nos pertence.

E se ao final de tudo insistirmos em rotular o que aconteceu entre nós, que seja fruto do Destino. Tão maravilhoso e incrível, foi ele o caminho exato para que eu chegasse a você, para que você iluminasse o meu viver, mostrando o sentido para tudo já passado por nós dois.

Sem dúvidas, eu vivi um bocado, mas nada de antes é comparável ao que eu quero viver com você.

[ Gustavo Lacombe ]

http://www.facebook.com/GustavoLacombeTextos
@glacombetextos

Imagem

O Homem do Futuro

tumblr_l6n3jhbmu71qcrx9uo1_500_large

Queria que um “eu” do futuro me visitasse.

Não precisaria dizer muita coisa. Poderia ser algo monossilábico. “Sim”, “não” ou “talvez”. Quem sabe até aqueles “hm” que aprendi a decifrar com algumas ex. Juro que não abusaria nem torraria a paciência com coisas infantis. Três perguntas, como os três desejos de um gênio da lâmpada. Acho que conseguiria me achar no meio de todas as dúvidas e deixar de fora todos os outros um milhão de questionamentos que tenho.

Olharia bem pra ele. Se bem que a aparência esconde muita coisa. A cara de cansado denunciaria que trabalhei bastante. Ralei. Um anel no dedo diria pouco. Se não falar nada, aquele pode ser o primeiro casamento ainda. Ou o oitavo, sei lá! Esperaria que, pelo menos, ele viesse com um sorriso. Não importa o tamanho da barriga ou das linhas de expressão no rosto, mas o sorriso seria fundamental.

Pediria um conselho, claro. Qualquer um. Nem que se resumisse a uma simples palavra. “Acredita”, “persiste”, “estuda”, “vive”, “ama”. Duvido que um “eu” do futuro me diria “desiste”. Claro que não. Se cheguei até lá, foi porque lutei por alguma coisa. Será pelo amor da menina que amo, do sonho que julgo impossível? Imagina se eu tiver que ficar mudo!?

Perco a língua, mas não perco a chance de saber.

Todas as respostas que posso ter numa conversa de cinco minutos chegarão a mim durante toda uma vida. E, não me iludo, algumas eu bem posso não ter ainda que tivesse duas. Acho, então, que todo dia escolho com qual futuro eu quero encontrar. Se é com aquele que desistiu de tudo ou com o que ousou conquistar, ou pelo menos tentou viver sem ter medo do erro e muito menos do acerto.

É isso! Se eu me visitasse, certamente diria “não tema”.

Faça o seu, o resto é consequência.

(Gustavo Lacombe)

Nunca Homem-Bomba

Não sei se é medo da vida ou da morte, mas algo parece querer me prender no dia de hoje. Fico torcendo para que os erros fiquem no passado e que o amanhã demore a chegar. Deve ser minha síndrome de Peter Pan. Crescer? Para quê? Só pra ter mais responsabilidades do que aquelas que eu já não consigo cumprir? Escolher uma profissão, ganhar dinheiro, ser o orgulho de alguém… Tempo, façamos um acordo: congela aí um pouco. Meus sonhos estão mais longe do que um simples fechar dos olhos e encontrá-los. E toda a coragem que eu tinha pra fazer alguma coisa parece canalizar pro medo de ser um fracassado. Medo que me prende, ata-me os pés e não deixa seguir para lugar nenhum. Não vou mentir e, talvez, eu nunca tenha contado nada disso para ninguém: sabe por que eu não me torno um suicida? Porque eu sou tão covarde que não tiraria minha própria vida. Eu não tenho vocação para homem-bomba. Eu prefiro ser o cara que sabe onde vai rolar uma explosão e vai lá para ser um coitado, mais uma vítima. Bancar a vítima é comigo mesmo. Logo eu, que tanto falo de sonho, decretei a morte dos meus e só enxergo breu no dia de amanhã. Enquanto mais do que o necessário de gente se preocupa comigo, eu não sei como retribuir. Poucos amigos, pouca diferença no mundo. Se fosse varrido nem perceberiam que o chão ficou mais limpo. É assim que eu me sinto. Vocação pra ser fumaça, nunca bomba. Nunca homem-bomba.

( Gustavo Lacombe )