Imagem

Seu Futuro Não é Essa Dor

Eu queria poder arrancar do teu coração essa dor que te causaram. Esse descaso. Essa falta de carinho. Descobrir uma sacanagem não é em si a pior parte, mas sim a certeza de que o outro não levava tão à sério o sentimento como você levava. É o “tanto faz” que mata. Desculpa dizer isso, mas tenho quase certeza de que se ele virasse e dissesse “eu me apaixonei por outra pessoa” doeria menos. E seria assim porque ao menos há um sentimento que justifique. Essa indiferença é foda. Essa sensação de que não foi porra nenhuma, de que era a mesma coisa que nada. Agora? Só o tempo. E eu sei o quanto é estranho pensar que vai passar. Alguém que era tudo e preferiu ser… pois é. Se foi ontem e ainda doer hoje, não tente não sentir. Digo isso porque varrer pra debaixo do tapete só te fará mais mal. A dor é inevitável, mas seguir é prioritário. Deleta, bloqueia, manda à merda, queima com as amigas, não toca mais no nome, joga fora as recordações, ocupa aos poucos a rotina com outras coisas. Talvez dê vontade de tomar um porre, ligar pra um contato, fazer uma merda por aí. Talvez dê vontade de sair correndo e parar na frente da casa dele. Você vai viver o misto dessas sensações e eu entendo até se disser que já passou por isso. A gente se machuca quando se entrega. E não nos entregamos só uma vez na vida. O trincado fica no coração, mas a cola é amor. Próprio. Teu futuro não é isso, sabe? Amanhã doerá bem menos e você vai ver que um pé torcido é pior. Tem que ser pior do que esquecer alguém que te faz tanto mal. No fundo, fica aquela sensação de que “se livrou”. Demora até perceber isso, mas quando bater vai te encher de um jeito que o sorriso voltará inteiro ao teu rosto e talvez você nem se lembre – da dor, porque de certa forma toda decepção fica. Desculpa afirmar isso, mas não foque no deu errado. Veja o quanto você esteve certa e continua ao seguir teu rumo. Vai viver tua vida e construir tua história. O que deu errado vai ser só um tijolinho. Daqueles que a gente passa e nem vê.

[ Gustavo Lacombe ]

Quer me ler mais? Compre meus livros! Aqui:
http://www.gustavolacombe.com.br/livros

Imagem

Tive de Deixar Você Partir

Eu vi que não daria mais certo continuar ali, entende? Foi por isso. Sei que você quer compreender meus motivos, mas a resposta era bem simples: não poderia ser tudo aquilo que você sonhou. Eu te via com um sentimento lindo e crescente nas mãos sem poder fazer nada. Minha vontade, certamente, era dizer que te amava. E eu te amava. E ainda amo. E ainda torço pra você se encontre da forma mais linda de todas. Plenamente feliz por estar aqui buscando seus objetivos.

E se alguém te completar, melhor.

Não vou dizer que fiquei bem ao te ver linda e sorridente nas fotos. Por um lado, adorei o vestido novo e saber que você tinha seguido. Foi pra isso que eu me afastei e decidi pelo ponto final. Agora, faz parte do egoísmo humano querer aquela pessoa parada na dele pra sempre. Ainda estou evoluindo e, acredito, tomei uma das decisões mais bem acertadas contigo. Não fui covarde ao abrir mão de tudo, apenas te dei uma nova chance de ficar bem.

Te reencontrar dessa forma agora é um presente pra mim mesmo. Não sei como você recebe essa confissão e não sei se já havia imaginado tudo isso que te digo, mas não haveria outra forma naquela época. E o mais curioso é que você me encontra ao lado de alguém hoje. O que há de diferente nela? Não sei te dizer, mas só posso te agradecer por ter me feito entender que eu estava curado de todas as cicatrizes. Espero não estar sendo cruel ao falar de tudo isso.

Só te desejo o bem.

Repito, entendi que não poderia atrapalhar seu caminho e, por isso, te deixei seguir. Esse foi o melhor jeito de dizer “eu te amo”. Às vezes é preciso colocar um ponto final em algumas histórias para que outras possam acontecer. Desculpa se eu te fiz sofrer. Nunca foi minha intenção. E pelo que vejo hoje no seu sorriso, você está bem melhor.

Melhor porque seguiu.

[ Gustavo Lacombe ]

Quer me ler mais?
Compre meus livros!
Acesse: bit.do/Lacombe