Já Me Amaram Mais e Melhor que Você

Não se preocupe se eu estou bem. Estou. Otimamente bem, pra falar a verdade. Depois de você, outras pessoas me amaram mais e melhor. Tipo aquela música do Chico. E não te falo isso pra que você se ressinta ou imagine o que outros corpos andam fazendo com o meu ou vice-versa, mas é só pra responder à altura a tua pergunta. Pergunta essa que vem com um sorriso debochado de quem sabe que eu ando sabendo das merdas que você anda aprontando por aí.

Parabéns, então.

Me disseram da vez que viram teu carro saindo do motel com alguém que você dizia não ter nada. Quem viu? Não conto. Eu sei. E também fiquei sabendo que você arrotou por aí numa mesa de bar que não se importava que eu ficasse sabendo das suas libertinagens. E chegou aos meus ouvidos tanta coisa podre e pobre que, seriamente, senti até pena de nós dois. Pena porque, até um certo ponto, eu teria engolido meu orgulho e voltado. Pedido, não.

Só que aí os dias foram se acumulando, pessoas novas chegando e as permissões me sendo feitas. Ousei olhar outro corpo, beijar outra boca, dormir em outra cama e começar a praticar um dos esportes que mais gosto: gastar meu prazer. E toda aquela libido reprimida e raivosa que ficou encruada em mim foi escapulindo em arranhões, em festas, em momentos piores do que os que me contavam que você aprontava por aí.

Dois solteiros aproveitando a Vida, não?

Acho engraçado você aparecer agora. Agora que eu encontrei uma pessoa conhecida tua, que me viu na rua com outro alguém do lado, e que não hesitou em correr pra te passar a ficha completa de todo ocorrido. E, se quiser saber, naquela noite eu também vivi tudo que eu poderia viver. Não faz essa cara de assustado porque nós dois sabemos que você tem aproveitado também.

Estou muito bem. E a principal mudança ocorrida em mim foi ter parado de me importar com o que você pudesse ficar sabendo. Quando teu respeito já não me considerava mais nada, liguei meu “tô nem aí” também. Tenho sido muito feliz desde então. Me importo comigo e com quem se importa comigo. Com quem me desconsidera, não.

Nem termina a próxima frase.
Guarda essa “saudade” pra outro alguém.

[ Gustavo Lacombe ]

Para comprar meus livros, acesse:
bit.do/Lacombe

Anúncios

Quase um Casal

Eu fico me perguntando se foi um engano me envolver contigo. Se foi um erro ou um simples capricho. Fico remoendo perguntas se eu deveria ter colocado freios nos meus impulsos ou se fui vítima da ingenuidade que acomete as pessoas que se iludem. E em todas as vezes em que fico martelando se deveria ou não ter feito tudo isso por você, chego sempre na mesma resposta:
 .
– Não fui eu quem perdi.
 .

Pode ser até que eu tenha que me desculpar por jogar num email todas essas palavras na tentativa de te dizer “adeus”, mas não queria morrer sufocada com tanto entalado no peito. As coisas que mais nos fazem mal são aquelas que não admitimos mesmo que fazem. Então, admito aqui que estou tentando seguir, mas parece que uma parte minha foi tirada. Aquela parte ingênua que acreditava em planos e na construção de uma história.

Tenho certeza de que eu passei a nutrir algo muito especial por você e por tudo que nós dois vínhamos construindo. Que fique bem claro: nós dois, sim. Se alguém aqui por um acaso resolveu jogar tudo fora, esse alguém não fui eu. Digo isso sem rancor, mas com um certo peso. E mesmo que você venha me dizendo que não me prometeu nada em palavras tão claras assim, as suas atitudes de ciúme, de posse, de carinho e de cuidado indicavam que era justamente o contrário. Éramos quase um casal.

Pode ser que numa roda entre os seus amigos eu acabe virando assunto e você diga que me levou para a cama num dia desses. Acredito até que não faça nenhum comentário que me denigra ou me fira, mesmo que eu não esteja presente para ouvir, mas eu serei apenas isso no final das contas. Mais alguém que foi pra cama contigo. Mais um assunto que você talvez até goste de comentar só pra lembrar das nossas noites, mas com um quê de gosto amargo por conta de uma recordação.

Memória de que eu tentei e você não quis.

Não é culpa de ninguém, afinal. Não se pode obrigar um coração a aceitar o que querem lhe entregar. Porém, um dia ele colocará a mão na consciência e vai trazer à tona aquela história que por algum capricho seu foi jogada fora. E você vai se lembrar de mim e de tudo que queria ter sido, mas não fui.

[ Gustavo Lacombe ]

Sim, Isso é um Adeus.

Estou seguindo a minha vida, como você mandou, mas preciso escrever isso tudo antes. Sim, isso é um adeus. Não vou colocar “até breves” muito menos tentar confirmar com “nunca mais”, mas a minha intenção é te transformar em passado e conseguir me deixar levar pelo rio da vida. Não posso mais continuar ancorado a você.

Ainda assim, antes de rumar a uma nova etapa, queria lavar toda a roupa suja com meu coração. Pode até ser que isso tudo aqui escrito seja problema estritamente meu, mas como você é parte envolvida, estou te adicionando a todo esse processo.

No fundo, eu queria poder falar de saudade da boa, de expectativa que dá frio na barriga e o sorriso que se abre só de pensar na gente. Mas não, não posso falar de nada disso porque isso pertence apenas ao que ficou no passado.

Falta apenas eu me convencer de que tudo acabou.

Veja bem, eu queria que fosse você. Nos meus sonhos mais malucos, era você quem acordava comigo na cama, quem me dava bom dia, quem mandava mensagem perguntando onde a gente iria jantar em plena quarta-feira. Era você nas viagens, nos porta-retratos, nas histórias da família.

Era você quem eu queria. Sempre quis. E fui deixando que todas essas divagações enraizassem em mim de tal forma que, agora, só vejo como única saída essa tentativa de te arrancar de vez.

Já fui traído várias vezes antes ao me decidir fazer isso. Traído por um coração teimoso em te ter aqui. Agora não. Tenho carta branca de tudo ao meu redor. Era pra ser você, mas você não quis ser.

Não te culpo, não me culpo. A gente precisa entender que nem tudo sai como o planejado e nem todo sonho se realiza. Não posso dizer que não deu em nada. Deu em amor. Deu em coisas lindas que vou levar pra sempre. Deu, inclusive, nesses sonhos que criei com base no que eu sentia.

E eu senti muito forte. Como um fogo que logo se espalha pela vegetação rasteira e incendeia o que encontra pelo caminho. Meu coração foi um ardor incrível, mas cansou de se queimar na brasa das cinzas que restaram. Estou seguindo minha vida, como a planta que nasce do solo renovado.

Ainda há esperança e, certamente, lá na frente eu serei bem mais feliz.

[ Gustavo Lacombe ]

http://www.facebook.com/GustavoLacombeTextos

@glacombetextos

Ninguém pede pra ser Traído

tumblr_ld9oi8mEEx1qeluoeo1_500_large

Ninguém pede para ser traído.

Ninguém assina um cheque em branco e diz: sacaneie-me. Pode ir lá, fazer o que quiser e depois voltar com cara de cão arrependido. Eu deixo. Existem os erros que todos cometem e, se não resolvidos ou reavaliados, acabam se transformando em mágoa e rancor.

A maioria nem mesmo são erros grotescos ou visíveis.

São pequenas rachaduras e infiltrações que vão comprometendo toda estrutura do casal. Alguns evoluem e decidem colocar tudo à baixo. Numa descabida proporção, ficam sedentos por vingança.

Agora… se vingar pra quê, do quê e por quê?

Quando se demonstra falta de interesse e vai se deixando de lado a quem antes se enchia a boca pra chamar de “meu amor”, a melhor opção do esquecido é a separação. Melhor que procurar outra cama, outros braços. Nenhum problema se resolve começando outro.

Melhor que dizer “você merecia coisa pior” é dizer “eu mereço coisa melhor” e sair de cabeça erguida.

(Gustavo Lacombe)