Imagem

Acreditar em Sonhos

Eu preciso que você acredite em mim.

Eu sou seu próximo sonho. Não tô falando da vontade de comer sorvete ou do desejo de sair por aí sem rumo com a necessidade de voltar pra casa. Eu sou aquele que te faz levantar, que te dá um motivo pra continuar e que continua martelando na sua cabeça todos os dias a seguinte pergunta: como será um possível realizá-lo?

Você pode estar se perguntando o porquê de estar aqui cara a cara comigo e sendo obrigado a aceitar que aquela Coca gelada num dia de muito calor não é passível de virar um “não seria um sonho!?” que a gente sempre diz quando quer desesperadamente algo imediato. Confuso? O que quero te dizer é que eu sou aquilo que te faz querer viver. Aquilo que te dá um Norte, uma direção e propósito.

Entende como é raso me comparar com um refrigerante que se acaba em cinco minutos?

O recado que quero te dar hoje é: continua acreditando em mim. Por favor. E não digo isso porque sou bonzinho com você, mas porque eu não quero morrer. Eu preciso que você creia, que você continue me alimentando, que você continue buscando (do seu jeito, tudo bem) uma maneira de fazer dar certo. Ou eu nunca mais vou poder ter a chance de acontecer.

E digo isso porque não importa que outra pessoa sonhe parecido. Não importa que alguém pense ou queira algo similar. Eu, você e nosso futuro juntos só pode ser escrito, vivido e presenciado caso nós dois estejamos lá. Não adianta querer ser uma coisa e essa coisa ser de outra pessoa. Ela se transforma e vira algo completamente diferente. Você é o único representante na face da Terra de mim. E eu, como parte interessada, sei que não tenho muito que falar além de “siga me buscando”.

Não pense que eu não entendo as frustrações.

Se fosse por nós, isso tudo aqui já teria acontecido FAZ TEMPO. E falo isso sem medo de errar, mas as coisas não acontecem no momento exato em que pensamos “poxa, seria incrível me tornar agora quem eu quero ser daqui a 10 anos”. É preciso um acordo com o Tempo. E, olha, eu falei com ele esses dias e ele se mostrou completamente de acordo – contanto que façamos a nossa parte. Eu te motivo, você não desiste. Ok?

Eu preciso que você acredite. Até porque aqui cabe aquela frase de uma música famosa que eu nunca entendi, mas agora percebo que se trata disso: se não eu, quem vai fazer você feliz? Siga. Continue. Vamos juntos. Até o final.

( Gustavo Lacombe)

Meu novo livro #TextosProibidos do está em pré-venda aqui no site! Acesse e garanta o seu:
http://www.gustavolacombe.com.br/prevendatextosproibidos

Imagem

Foda-se o Medo

Uma das piores coisas que penso quando estou escrevendo meu romance é imaginar que as pessoas vão ler e achar uma merda. Essa é uma verdade. E é a verdade que muitas vezes vamos precisar lidar em diversas áreas da vida: o medo do fracasso. Meus pais não me criaram para vivê-lo, muito menos conviver com ele. Acredito que os seus pais, tios, familiares e amigos também o incentivaram e estão esperando que você seja bem sucedido. Ora, vejam só, nem todo mundo vai conseguir começar a se sustentar antes dos 25, graduar-se no tempo certo, arranjar um namorado perfeito, um hobby que traga prazer imenso, um círculo social que mantenha os finais de semanas ocupados e uma auto-estima capaz de não se comparar com ninguém. Não, a grande maioria vai desejar conseguir coisas que os outros (para quem o foco está apontado) já tem. Eu, do alto da minha autocrítica, sei que todo esse medo ao escrever um livro novo provém de uma série de questionamentos que me imponho diariamente sobre crescer, ter uma profissão que remunere bem, conquistar meus objetivos e outras coisas. E sei que não estou sozinho. E sei, inclusive, que as histórias que eu decidi contar podem ajudar outras pessoas a também pensarem em suas próprias vidas. Aliás, poderá dizer a elas: fracassar não é exatamente um problema quando se mantém a persistência e a chama do sonho aceso dentro de si. Pelo menos hoje, se eu temo o tombo, posso te garantir que eu sou forte o bastante para me levantar novamente. Se meus personagens serão críveis, se a história será boa, se o livro vai estourar, tudo isso são perguntas que eu preciso descobrir lá na frente. Se os seus planos vão dar certo é outra coisa que apenas vivendo se descobrirá. O que nos trava é o medo, mas, quer saber, foda-se o medo. Torço pra que a cada pessoa que achar meu livro uma bosta, outras dez, cem ou mil achem ele legal. Se tem gente que fala mal até de Gabriel Garcia Marquez, quem sou eu pra querer virar o queridinho. Quem somos nós para querer fazer tudo certinho. Foda-se. Vamos viver.

[ Gustavo Lacombe ]

Imagem

Gratidão é um Exercício Diário

Eu confesso que ainda tenho uma péssima mania de supervalorizar tudo que dá errado e não ser grato pelas bênçãos que me chegam. Cultivei esse meu lado masoquista de olhar a Vida e não escondo que, por vezes, me fiz de vítima para tentar ganhar um quê de pena das pessoas. E aí, quando tive discernimento suficiente para olhar pro lado e enxergar o tanto de gente que gostaria de estar no meu lugar, fui obrigado a criar vergonha na cara e entender que, sim, eu sou privilegiado.

E, por isso, não posso ser tão mal-agradecido assim.

A partir daí, então, instala-se um processo de conscientização do meio em que você vive e, também, aprende-se a enxergar melhor os caminhos que te levam à Felicidade. Numa sociedade tão injusta quanto a nossa, ter um lugar pra se morar, uma família para se apoiar e um sonho para dormir é muito. E, felizmente, eu tenho tudo isso. Sei que é bem mais do que muita gente tem. É de se olhar todo dia pro céu e dizer “obrigado” ao Universo, à Deus – ou seja lá no que você acredita.

Tomando posse desse pensamento, certamente você conseguirá compreender quando alguém disser que a responsabilidade da sua felicidade é unicamente sua. E passa por reclamar menos, agir mais e agradecer mais ainda. A chave para se chegar nesse tão falado paraíso está, necessariamente, nas suas atitudes e nas suas mãos. Te garanto que ela não se esconde em nenhuma outra pessoa. Qualquer um que for capaz de tirar a sua alegria não te merece.

As pessoas que nos cercam tem de somar, nunca nos diminuir.

Acredito, sim, que Gratidão é um exercício. Não é todo dia que você se sente feliz pelo que tem. Aquele pensamento ruim pode invadir? Claro. Não somos tão perfeitos ao ponto de aceitar sempre, mas precisamos criar o hábito de transformar todos os acontecimentos em combustível. Digo, sem medo de errar, que eu melhorei por necessidade. Melhorei e ainda busco minha melhor versão por saber que apenas reclamar não me leva a lugar algum.

E mesmo que alguém diga que agradecer também não me leva a nenhum lugar diferente, vou conseguir sorrir e dizer que, ao menos, ele me dá o pensamento positivo de valorizar tudo e emanar ao Mundo as coisas boas que podem também chegar. Não é preciso acreditar na Lei do Retorno, mas eu acredito piamente que tudo aquilo que desejamos e fazemos, volta.

Optei por fazer o meu melhor. E vamos à luta.

[ Gustavo Lacombe ]

Imagem

Falta Pouco pra Começar Tudo de Novo

Feliz Ano Novo!

Eu sei que ainda falta um tico de ano pra gente viver, mas já há quem não agüente mais ouvir falar em 2015. Já deu, né? Para outros, despedir-se de um ano tão bom é a mesma coisa que dizer “tchau” pra Sorte que o acompanhou.

Para todos, fica a certeza de que estamos chegando a uma nova etapa. Carrega a esperança quem precisa, cultiva a fé quem acredita e joga fora o medo quem sabe que coisas ruins na alma apenas atrapalham na caminhada.

O próximo ano, não se iluda, passará tão rápido quanto este último. Haverá momentos bons, ruins e, claro, coisas novas. Sempre há algo novo, mesmo que seja parecido com o que já passou. E sempre pode haver algo do passado com cara de novo.

Entende o significado do “tudo pode acontecer”?

Pode mesmo, cara. Então, esteja preparado para fazer o seu melhor. Se 2015 vai tarde, que a sua mudança para 2016 seja com tudo. Se foi bom, que você atinja seu auge agora. Só não se esqueça que se você for o mesmo, as chances de ser um ano repetido aumentam.

De qualquer forma, desejo do fundo do coração que a felicidade te acompanhe e que você viva tudo aproveitando os sorrisos e as lições do caminho. Saúde para correr atrás dos sonhos, dinheiro para não passar necessidade, esperança para os momentos de descrença, sucesso para os seus projetos, amor para harmonizar tudo ao redor.

E gratidão.

E mais amor, por favor. Ame desmedidamente ano que vem. Não tenha medo de sentir, de se entregar. Deixa o arrepio, o bom do beijo e a vontade no corpo ser misturada à saudade. Deixa o Amor agir na sua vida. Ame estar vivo.

Viva 2016. Pela sua chegada, pelo seu anúncio de novos tempos de trabalho, dedicação e êxito.

Desde já um feliz Ano Novo, Galera! E que a gente ainda se encontre muito por aqui.

[ Gustavo Lacombe ]

 

Imagem

Derrota Teus Monstros

Se você reparar bem, todas as analogias, metáforas, histórias e exemplos que deram certo vão falar sobre “fazer por onde”. Para se chegar ao pote de ouro, é preciso atravessar o arco-íris. Não se pode olhar pro céu com muita fé e pouca luta. E, aliás, só o que cai do céu é água.

É por isso que te digo: enfrenta tuas lutas, derrota teus monstros e conquista teus sonhos. Ninguém melhor do que você sabe o valor dos teus desejos. Ninguém melhor do que você sentirá o amargo de uma frustração.

Vença, mas – acima de tudo – vença pelo seu próprio esforço. Lembre-se de quem andou ao teu lado, agradeça a quem estendeu a mão e participou da caminhada. Muitas das vitórias podem ser apenas nossas, mas nunca são solitárias.

Acredite em você. Jordan tem uma frase incrível que diz “eu erro todos os arremessos que não tento”. Você perde toda oportunidade que não tenta. Paga pra ver.

Não se faça de vítima ou coitado. Existem pessoas que queriam estar exatamente onde você está. E lembre-se que de mais longe você já veio.

Repito:
Enfrenta tuas lutas,
Derrota teus monstros,
Conquista teus sonhos.

[ Gustavo Lacombe ]

Imagem

O que Você tem Feito Pelos Seus Sonhos?

A maioria das pessoas que tem o sucesso como marca em suas trajetórias decidiram, um dia, que iriam realizar seus objetivos independentemente das dificuldades que aparecessem. E, assim, na dura rotina de plantar um sonho, foram construindo suas realidades. Entre semeá-lo e colhê-lo, tenho certeza de que tiveram de enfrentar muitas coisas – das muitas respostas negativas e até mesmo a própria descrença, mas venceram.

Chegaram ao ponto em que tiveram de ignorar todas as adversidades e venceram mesmo assim.

Ninguém chega ou faz sucesso por engano. Ninguém conquista algo pra vida sem mérito. E aqueles que aparecem de uma hora para a outra no topo, que de repente estão lá, acabam caindo na mesma velocidade em que subiram. Já os que galgam todos degraus e conquistam o seu reconhecimento são os que resistiram e fizeram por merecer o seu espaço. E escute-me bem: há espaço pra todo mundo. O que não cabe é se lamentar e desistir.

Claro que, às vezes, é preciso ajustar o foco. De qualquer forma, o valor não está apenas no que você, mas em como você faz. E pode apostar que o que é feito com amor, determinação, dedicação e muita força de vontade, tem mais chance de dar certo. Não pode ser o primeiro “não” a barreira intransponível das suas metas. É preciso insistir, persistir, ser valente. Uma pitada de sorte ajuda? Sem dúvida.

Só que não adianta a Sorte lhe sorrir e a sua atenção estar em outra coisa.

Pergunte a qualquer fracassado o porquê de não ter conseguido chegar ao seu objetivo e ele te dirá que foi tudo culpa do azar. É incrível como temos a capacidade de terceirizar a nossa culpa. Tiramos o corpo fora e não nos responsabilizamos pelas nossas próprias derrotas. Afinal, quem é que vai dizer que mereceu perder?

Você pode até me dizer que de mil histórias apenas algumas são de sucesso total, retumbante, foda. Eu assumo até a vontade de concordar contigo, mas acabaria te respondendo “em quem você prefere se espelhar?”. Se você tem um objetivo, vá atrás dele! Se você tem uma meta, um foco, ou qualquer coisa que seja o seu Norte, vá atrás dele. Vá na direção dele. Vá pensando nele, imaginando, sonhando e, principalmente, agindo para encontrá-lo.

O que você tem feito pelos seus sonhos? Aqui no Brasil, é comum torcermos o nariz pra quem alcança um certo reconhecimento, ou fama, ou sucesso. Costumamos dizer que aquilo tudo “subiu à cabeça”. Parece que é proibido dar certo. E se, ao invés de resmungar, levantássemos a bunda do sofá e fizéssemos alguma coisa pelos nossos sonhos? Passou da hora. Tire agora da gaveta a força de vontade e vá à luta. Identifique seu talento, arrume algum tempo e dedique-se. E, acima de tudo, coloque Amor nas coisas.

Não posso te garantir a vitória, mas tenho certeza de que se você não fizer nada, a derrota é certa.

[ GustavoLacombe ]

#ahlacombe

Para ler mais:
http://www.facebook.com/GustavoLacombeTextos
Para me levar pra casa:
http://www.bitly.com/LivroLacombe

Imagem

Nunca Desista daquilo que Você Quer

tumblr_m7wmycvlo11rwgoaio1_500

Olha, deixa eu te explicar: não adianta você fazer essa cara de que nada de bom acontece. A gente tem essa mania idiota de achar que a vida é mais difícil agora, que o melhor já passou, que nenhuma outra boa noticia vai aparecer. Mania cruel de não lutar, apenas ficar reclamando. Não faça isso com você mesmo.

Sabe por quê? Porque os sonhos são intransferíveis. Você vai os deixar morrer depois de um “não”? Então seus anseios são fracos e você não quer nada de verdade. Cara, até mesmo dentro de casa você pode encontrar residência para seguir seu caminho. Pai, mãe, irmãos. Família. Amigos. Tem gente que não acredita mesmo. E não é culpa deles.

Não coloque nos ombros de ninguém a responsabilidade por fazer seus sonhos darem certo.

Se é pra ser sozinho, que seja sozinho. Mas não será assim. Sempre – eu disse “sempre” mesmo – haverá quem te incentive e diga “lute”. Desistir ou não desistir é uma escolha sua. Você pode até receber uma forcinha extra, mas será preciso que a chama nunca se apague dentro de você.

Levanta, busca, batalha, conquista. Não dê ouvidos, não se agarre às respostas negativas. Você quer? Então, faça por onde. Nada cai do céu. E, aos poucos, mostrando que a sua vontade é maior do que qualquer dificuldade encontrada no caminho, qualquer barreira poderá ser transposta.

A vitória pode não certa, mas é mais possível para aqueles que sonham e buscam.

[ Gustavo Lacombe ]

O Brilho nos Olhos

Falta o brilho nos olhos.

Falta aquela vontade de fazer dar certo. Aquele tesão mesmo. Aquela coisa de acordar com um objetivo e só dormir quando tiver dado um passo para mais próximo. Ou, então, calcular um recuo por saber que, amanhã – sem falta, outros dois serão dados. Falta isso. Não é um detalhe, é “o” detalhe. É o que separa o cara receber um “não” da insistência em persistir e só sossegar quando tiver um “sim”. Vence quem persevera, quem batalha, quem ignora dificuldades. Quem, acima de tudo, acredita em si mesmo.

Não há fórmula mágica. Não há quem busque as coisas por você. Só a sua própria caminhada vai te fazer chegar. Se dá trabalho? Ô, se dá. Vejo que te falta esse compromisso. Falta a própria felicidade em trilhar a estrada. Até porque, quando se chega numa resposta, procura-se outra pergunta para continuar buscando algo a mais do mundo. E te enxergo satisfeito com as suas verdades.

Fique com elas.

Se nada mais te desperta o interesse, se ninguém mais passa a mão na sua cabeça, se o ideal agora é ficar parado admirando o que acha que já conquistou, tudo bem. Quem sou eu para vir aqui e dizer que está errado? Um dos piores problemas da humanidade é o palpite, o conselho. Se cada um cuidasse da própria vida e deixasse os outros em paz, não haveria brigas. Agiria-se limitado pelos direitos do outro, mas da forma que quisesse. Talvez essa seja a verdadeira resposta para o lema “sua cabeça é o seu guia”.

Enterre-se se puder. Suma! Durma e não acorde! Morra! Desista! Só não faz essa cara e me pede pra ficar mudo. Agora vou até o final. Não é você que está falando de prioridades? Falta saber o verdadeiro significado do que é definir isso. Prioridade é uma palavra poderosa que pode ser usada para muitas coisas, erroneamente até, como forma de desistência.

Acredito que, em certas ocasiões, desistir é apenas um jeito de fazer com que outro caminho seja trilhado, largando de mão o que já foi tentado exaustivamente. Você nunca tentou. Simplesmente disse que não conseguia e ponto. E pronto. Vai ser lembrado como o cara que quase conseguiu ser alguma coisa na vida.

Quer dizer, quase só é usado pra quem realmente quis. Não é bem o seu caso.

Por isso que eu digo: te falta o brilho nos olhos de quem realmente precisa realizar um sonho. Você diz que o tem, mas, pra mim, quem deixa um sonho morrer assim é um fraco. E é uma pena saber que você é tão forte, mas está ficando louco. Porque loucura não é abrir mão de algo depois de ter se certificado que ele não frutificará.

Loucura é nem tentar. Nem os maiores devaneios morrem desse jeito. É como cortar as asas dos sonhos sem nem ao menos as testar. Se for assim, você vai morrer sabendo que até poderia fazer aquilo, mas o medo da altura te impediu. Tolo, é a própria altura que precisa empurrar pro pulo. Falta querer, perder o medo e se jogar.

Vai que voa?

(Gustavo Lacombe)

tumblr_m7qryhdZ8t1r1g7zlo1_500

Não alimente um medo.

As maiores mudanças começam em nós. Quando olhamos para nossa vida e não enxergamos aquilo que desejamos, buscamos ou queremos, é porque, em algum momento, perdemos o foco e a vontade de seguir um caminho. É porque, de certo modo, deixou-se de lado um sonho e contentou-se com o que tinha. Problemas de baixa auto-estima, mau humor, tendência a achar que nada dá certo, teoria da conspiração… Tudo isso vem carregado de uma força negativa que, muitas das vezes, nós deixamos cozinhando dentro da gente. Fica num banho-maria não-produtivo de um peso que não deixa nada fluir para melhor. Não se tira de um buraco quem se acostumou e se aconchegou ao escuro e cava mais querendo não sair dali. A escada que galgamos na vida para sair de situações ruins e para atingir nossos objetivos tem como degraus as desesperanças, as falsas certezas e os nossos medos. Da próxima vez, ao ter a oportunidade de fazer algo por você, não alimente um medo.

Nutra um sonho.

(Gustavo Lacombe)